quarta-feira, 5 de agosto de 2009

VAI UM CAFÉ?




O café é tão grave, tão exclusivista, tão definitivo que não admite acompanhamento . Mas eu o driblo, saboreando, junto com ele, bolinhos e o cheiro das torradas-na-manteiga que alguém pediu na mesa próxima.(Mário Quintana)

9 comentários:

Elisa no blog disse...

Lisa,
Sempre tomo café com algum docinho.
Bolo, bolinho. Acho que café combina até com doce japonês, aqueles com ankô (feijão doce).
Eu não tomava café. Deu desejo quando fiquei grávida. E de lá nunca mais parei de tomar café.
beijos,
Elisa

Luz disse...

Lisa

Acredita que não tomo café?

beijinhos

Mar Ilha disse...

Adoro café, mas ando com gastrite e estou evitando. No escritório temos uma máquina de café expresso nexpresso. Os cafés são maravilhosos e temos a opção de escolher diversos tipos. Foi a minha perdição. Nos últimos dias estou tomando apenas um no café da manha com um pãozinho fresco e um no final do dia puro. Adoro.

Andrea disse...

Lisa ,eu adoro café com pão de queijo então ,,,unnnn uma delicia ....

Heloísa disse...

Lisa,
Gosto muito de café, e acho que há coisas que combinam muito bem com ele, como pão de queijo e bolo de fubá.
Beijo.

R.Vinicius disse...

“- Não gostaria que pensasse que estou me repetindo, embora haja vezes, em que repetir se faz necessário; café me trás a lembrança dos Cafés de Paris, ou Arles onde Van Gogh pintou o quadro – À noite no terraço. Um dos quadros que mais aprecio dentre tantos outros. Como o café inevitavelmente me trouxe a lembrança dos franceses e sua bandeira, aproveito a oportunidade que há, uma vez que o assunto se faz propicio e indico o filme Paris, Je T'Aime. É um bom filme com diversas histórias sobre Paris e o amor. Eu gostei muito de ouvir a história sobre seus 17 anos, a vontade e a sensação de pertencer alheia a um ponto, e sim pertencente de um todo que se assoma a ti com naturalidade; poucas pessoas conseguem se assomar com naturalidade. Orgulho e Preconceito como filme é muito bom, como livro é ainda melhor e deu fama considerável a autora Jane Austen, uma das mais importantes do seu tempo. Posso chamá-la como a personagem? Lizzie. Posso estar errado, mas é o equivalente a Lisa e é tão bonito. Fico por aqui, te desejo um dia muito bom. Abraço e até breve.”

Mônica disse...

Eu vivi e creci no meio do café. Papai nos criou com ele.
deu muita dor de cabeça, mas é a bebida que mais amo.E puro. Sem leite.
Com carinho Monica

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu também acompanho muitas vezes o café. Custa-me vê-lo ali sozinho, naquela chávena, à espera de ser engolido e escorregar, sozinho, goela abaixo...

bacouca disse...

Lisa,
Para mim, que adoro café, o melhor acompanhamento é um "cigarrito". Você me deu cá um apetite! Acho que vou fazer uma pausa agora...e bem gostosa!
Um beijinho