quarta-feira, 14 de outubro de 2009

MULHER DE VERDADE

Nada de Kate Moss ou Gisele Bündchen. A mais popular revista feminina alemã, Brigitte, decidiu abolir gradativamente as modelos de suas páginas. A intenção é que elas venham recheadas de imagens de ''mulheres de verdade''. O editor-chefe, Andreas Lebert, disse ao jornal britânico The Guardian que, em 2010, a publicação não trabalhará mais com modelos profissionais. Revelou, ainda, que cansou de ter que recorrer ao Photoshop para engordar as modelos.
Há dois anos, a Espanha proibiu modelos muito magras nas passarelas da Semana de Moda. Recentemente, a revista norte-americana Glamour trouxe Lizzie Miller exibindo gordurinhas em um editorial. Pelas passarelas de Londres e Milão, alguns estilistas apresentaram coleções para mulheres parecidas com musas renascentistas. Parece que a indústria da moda está, finalmente, rendendo-se a um padrão mais saudável. Antes tarde do que nunca.

4 comentários:

mar e ilha disse...

Que coisa boa. Acho que isso vai diminuir os problemas alimentares de adolescentes que querem ficar iguais a essas magrelas.

Mônica disse...

E bom ter mulheres de todo o tipo desfilando pois o mundo é cheio de tipos diferentes.

Obrigada pelas deliciosas palavras. Se fosse o ano passado teria colocado na porta da escola.
Muito obrjgada Monica

Elisa no blog disse...

Já estava na hora de ter mulheres reais e normais nas revistas. Estou me sentindo bem representada.
bj

bacouca disse...

Lisa,
Acho muito bem a atitude tomada pois as pessoas têm que viver com o real, não com o imaginário que tantas fustações provocam.
Um beijinho