quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

DEVAGAR E SEMPRE


No mundo da pressa, ter tempo é o luxo supremo. E mesmo sabendo disso, continuamos correndo, roubando de nós mesmos qualquer possibilidade de tempo livre ou menos apressado. No o livro "Devagar", de Carl Honoré, o autor propõe a desasceleração como um caminho para se viver melhor.Não se trata de voltar ao passado nem adotar um rítmo das lesmas, mas de ter pressa quando ela realmente for necessária. Segundo ele, a velocidade vicia.. e nós estamos viciados nela. Na nossa cultura 'Fast Forward', palavras como 'lento ou devagar' são tidas como palavrões. Carl Honoré se deu conta da maneira que vivia, quando comprava livros para seus fihos, com histórias de 1minuto, e assim podia ter mais tempo para responder seus email's, ler seus jornais, e trabalhar. Quando se deu conta da situação absurda, começou a pesquisar a 'cultura da pressa' e a partir daí, mudou o seu rítmo de vida. Ele lembra que a primeira coisa que fazemos hoje ao acordar, é olhar para o relogio. A doença da pressa, segundo ele pode nos levar a exaustão e até mesmo a raiva, a ira, esbravejamos nos estacionamentos, na fila do banco, na fila do supermercado, o remédio que não faz efeito, daquela dieta que ainda não deu resultado.. TUDO HOJE É PARA ONTEM e assim vamos vivendo.Queremos fazer tudo ao mesmo tempo e não fazemos nada direito. É preciso aprender a otimizar a vida e fazer do tempo um aliado. E de vez em quando parar e se perguntar: ESTOU CORRENDO PRA QUE?
[Trecho texto Viver sem pressa, de Leila Ferreira para revista Marie Claire]

6 comentários:

nereida disse...

Ah! A pressa...
Pressa para conhecer, ganhar confiança, se entregar, se perder;
Pressa para receber, para cobrar,para fazer amigos. Ou inimigos.
Pressa para enriquecer, consumir e para viver.
E na cultura da pressa, infelizmente não temos tempo para amar!Bom dia Lisa!

Mar Ilha disse...

Eu queria tentar diminuir a correria, mas não consigo. Parece que estou enxugando gelo...

Luna Sanchez disse...

Lisa, eu sofro desse mal, admito.

"Corro demais..."

Beijo, flor.

ℓυηα

bacouca disse...

Lisa,
Quando fomos adolecentes ou até mesmo mais tarde (30/40) a pressa é algo que nos acompanha sem darmos por ela É estranho porque somos jovens e achamos que temos todo o tempo do mundo e por isso deviamos apreciar. Depois vem os 50 e aí começamos a reflectir que já vivemos 2/3 da nossa vida e então abrandamos quando o lógico seria acelararmos para aproveitar tudo! Estará tudo às avessas ou será mesmo assim?!!!
Beijo
BACOUCA

Elisa no blog disse...

Aqui os japoneses são até mais rápidos!
Acredita que comem udon em 3 minutos? Udon é um macarrão ensopado japonês.
Andam rápido, falam rápido e criticam quem vai devagar.
uma loucura.
bj

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Esses dias teve uma palestra de um monge budista próximo de onde moro. Ele iniciou perguntando:
Pra que vc corre tanto?
E ficou em silêncio...
Sabe, deu pra ver na cara da multidão o choque. Por que precisamos correr tanto? Para que? Para chegar aonde?

E foi o tema da palestra, muito boa por sinal.
Beijos e bom dia pra vc