domingo, 19 de setembro de 2010

"Para reinventar-se é preciso pensar: isso aprendi muito cedo. 
Apalpar o nevoeiro de quem somos, algo que pareça uma essência: isso, mais ou menos, sou eu. 
Isso é o que eu queria ser, acredito ser, quero me tornar ou já fui. muita inquietação por debaixo das águas do cotidiano. Mais cômodo seria ficar com o travesseiro sobre a cabeça e adotar o lema: pensar nem pensar" (Lya Luft)

4 comentários:

bacouca disse...

Lisa,
Quantas vezes me apetecia: pensar nem pensar!
Um beijo

Josué disse...

Belo post,

Mas na verdade agora não estou passando para opinar sobre a postagem, mas deixar o convite para se possivel dar uma olhada no meu blog, criado recentemente...o blog é novo, e eu conto com sua participação.

Obrigado pela atenção e muita paz.

Segue as essências/

www.verdade87.blogspot.com

Letícia M. disse...

Lisa !

Perdão pela ausência por aqui , é a velha correria da "vida adulta" que fui apresentada recentemente ...
Querida , estou passando para te deixar um beijo e desejar muitas inquietações , pra ti produzir bastante por aqui ... teu blog sempre me é um encanto!

um beijo!

Sotnas disse...

Olá Lisa, tudo bem.
Estava passeando pelos blogs(próximo blog) e cheguei no seu, e devo dizer que gostei. Volto com mais calma se me permite, tudo de bom para você e parabéns pelos textos, até mais!